terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Ai Se Eu Te Pego - Já não posso com isto!

Janeiro, que raio de mês foste tu?

Foi mês de não fazer nenhum.
Nada, nadica.
31 dias sem fazer nenhum.
Aiiiii!

Ai, ai! Cuidado com a língua!

Isto de ter um padre adicionado no facebook, está-me a condicionar um "cadinho"... Só um bocadinho!
lolol Bem tento pensar nele como era antes de escolher a sua vocação mas sou sincera quando digo que penso duas vezes antes de publicar seja o que for!

Quem foi?

Qual foi a boca lambuzada de chocolate que se esfregou na cabeça do Sasha?
Hum? Pestinha!
Dizem-te que não lhe podes dar chocolate e tu resolves a coisa assim.
Não deixa de ser uma maneira de partilhar!

Estou tão chata mas tão chata que nem eu me aturo

E parece que vem aí uma onda de frio, dizem que lá dos lados da Sibéria! Olha a treta!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Pegar o touro pelos cornos

No dia em que fez um mês que parti uns quantos ossos, agarrei o medo de frente e voltei a entrar numa banheira.
Não foi na minha banheira (aí é que vão ser elas!!).
Tinha marido e mãe ao lado porque ainda não posso fazer carga na perna.
Mas o que interessa é com muito jeitinho, lá tomei um belo de um banho!

Padre Júlio Tropa

Conheci o Padre Júlio era pequenina quando ia às missas com a minha avó.
Foi o padre que escolhi para me casar. Se não fosse ele a celebrar a cerimónia de certeza que não tinha casado pela Igreja. Não faria sentido. E vi o meu casamento em risco porque o padre da minha freguesia não entendia (não queria entender) porque queríamos nós que fosse o Padre Júlio a casar-nos!

O Padre Júlio partiu esta madrugada após uma valente luta contra o cancro.
Ficámos mais pobres. Toda a comunidade.
Ninguém ficou por casar ou baptizar porque faltava este ou aquele "requisito". 
Ele não descriminava pessoas ou religiões.
Ele não tinha problemas em meter-se em certos projectos porque sabia que conseguiria o dinheiro para os concretizar.
Com a sua maneira de ser conquistava as pessoas e a comunidade sempre retribuiu. Uns com muito, outros com pouco.
Era um Padre bem vindo em qualquer lugar!
E quero acreditar que também foi muito bem recebido lá no Outro Lado!
Padre Júlio Tropa Mendes 1934 - 2012

                                                        

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Finalmente

Ultimamente tenho usado bastante esta palavra.

Relações cortadas

Aqui a menina está de relações cortadas com aquelas coisas muito giras que quase toda a gente tem na casa de banho.
Nem que a minha banheira se pinte de ouro, volto a olhar para ela como olhava antes do 24 de Dezembro! E eu que tanto respeitinho tinha por banheiras. Tantos cuidado não foram suficientes para impedir uma queda estúpida.
Agora estamos assim de relações cortadas. A ponderar se a arranco e renovo a casa de banho ou se compro uma cadeira para meter na banheira e doravante banho só sentada!
Certo, certo é que só de pensar em entrar de pé na banheira, sinto uns calores na barriga ...
E só de falar ...

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

E já não há nenhum agrafo na minha linda perna!

Finalmente.
Já tiraram todos. O jeitoso do enfermeiro disse que estava tudo com muito bom aspecto logo a minha perna está com melhor ar do que a minha cara que só agora está a recuperar da alergia que um analgésico provocou.
E pronto. É isto.
Passamos de puppyblog a legblog.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Parabéns, Biscoito!

Estás um homem, rapaz!
Parabéns, Querido!

Atacada pela mémoria selectiva

Ontem quando disse que tinha estado internada 12 dias, fui ludibriada pela minha memória!
Só contei a partir da data da cirurgia! Isto quer dizer o quê? Que a memória está a querer apagar os dias anteriores?
Era só o que faltava, não? Aqui não apagamos nada! Nadinha! lololol
Grande palerma que me saiste!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Estou de volta!!

Eh, eh! Finalmente em casa!
Obrigada a quem deixou uns miminhos por aqui!
12 dias internada. 12 dias de aprendizagem. (aprende-se imenso num hospital público! lolol)
Agora vamos passar quase dois meses na cama ou numa cadeira porque eu tudo o que faço, faço à grande! Até as fracturas!