sábado, 29 de junho de 2013

Surpresa boa

Parece mentira mas foi preciso ir ao Ameixial para encontrar o gelado que procurava... sei lá há quanto tempo...



sexta-feira, 28 de junho de 2013

Pior do que sonhar com vacas, é vê-las cara a cara e ainda ter de responder a um cumprimento.
É uma pena eu não conseguir ser mal educada.

Ainda não cheguei a uma conclusão... no fundo cheguei mas...

Há um par de anos reduzi o número de livros porque comecei a ler mais blogues.
Não tem comparação, eu sei.
Mas os livros são isso mesmo. Livros.
Já os blogues, alguns, são mais do que isso. São pessoas e vidas reais. E sem sabermos bem como, às vezes essas pessoas passam a fazer parte do nosso dia-a-dia. Fazem parte dos nossos pensamentos e das nossas conversas.
E isto tudo porque sinto Muito a falta de alguns bloggers. Uns porque resolveram acabar com o blogue, outros por falta de tempo ou inspiração... outros porque simplesmente já cá não estão. E quando o blogue ainda existe, de vez em quando vai-se lá dar uma espreitadela e matamos um bocadinho a saudade.
E isto é uma treta, devia-me ter ficado pelos livros. Nunca me aconteceu sentir saudades dos seus autores.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Ameixial

É terra boa, de boa gente.
O Ameixial é outro exemplo de um salpico singelo mas encantado na serra algarvia.
Loulé tem a mais valia de ter freguesias encantadoras. Terrinhas onde parece que o tempo pára.  Onde não há stresses. Onde os de fora são muito bem recebidos.
O Ameixial fica ali mesmo à beira do Alentejo. Com a  Estrada Nacional 2 a atravessá-la.
Gosto muito de lá ir. Só porque sim. Só porque gosto de andar pela serra. A pé, de carro, é como for possível, é como apetecer.
Na Primavera então é um espectáculo. São as ribeiras, são as cores, são os cheiros.
São as cegonhas, as cabrinhas, as ovelhas e as colmeias. São as gentes, são dois dedos de conversa.
Para mim só tem um senão... aquele troço de curvas e contra-curvas entre a Cortelha e o Ameixial que quase me viram o estômago do avesso!
É que nem de propósito! Umas belas ameixas mesmo no meio do Ameixial...


Se esta foto tivesse sido tirada há um mês, estaria tudo verdinho.





Ribeira do Vascão - deste lado da ponte, Algarve. Do outro... Alentejo.

terça-feira, 25 de junho de 2013

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Sonhos que se dispensam

Tenho a sensação que passei a noite toda a sonhar com uma vaca.
Pronto, é melhor não ofender as vacas mas foi o nome menos ofensivo que arranjei para chamar aquela porca.
Pronto, mais uma vez deixa lá não ofender as porcas mas não posso sair por aí, a gritar o nome que aquela coisa merece.
Hummmmmmm...
Há gente que devia espelhar na cara a podridão que lhes vai no interior. Evitava-se muita chatice.
Já desabafei. A ver vamos se consigo ficar por aqui.


Fonte da Benémola

Aninha-se entre a Tôr e Querença, logo acima de Loulé.
Já lá vai o tempo em que o caminho de acesso era uma dor de cabeça. 
Para quando apetece fugir do mundo.
Frescura boa.




sábado, 22 de junho de 2013

Dói-me a barriga

Será por excesso de cenoura ou por causa da bola de berlim maravilhosa com que o meu irmão me tentou?

Continua. Continua assim e depois queixa-te.

...

Não sei quem parece mais parvo.
Se o Sasha a comer o anti-tártaro dele, se eu a comer cenouras cruas como se não houvesse amanhã.
Só me apetece bolos e gelados! Ai, a minha vida!

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Treme, Treme, Treme!

Toca telemóvel. Sogra do outro lado, ligeiramente em pânico.
- Sentiste?
- O quê?
- O tremor de terra!
- Tremor de terra? Onde?
- Aqui! Não sentiste?
- Nãooo! Quando?
- Há segundos! O móvel grande da casa de jantar tremeu todo! Até se ouviu um rugido!
- Foi? Não senti nada...
Senti-lhe a frustação na voz. Por momentos pensei que brincava comigo mas sentia-a a amuar e vi logo que era sério. Estava a três quilómetros da casa dela e não senti nadinha. Quem estava comigo também não sentiu nada mas estava no carro em andamento, logo...

Mas a sogra tinha razão. Aqui está a prova!
A actividade sismica é muito frequente mas este foi, como ela já tinha dito, mais rijo! 3,8 de magnitude.
Desde que não passe destes valores, o pessoal não se assusta. (A maioria não se assusta! lol)

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Olha a parvoíce a sair fresquinha

Quais as probabilidades de estar a fazer zapping pela televisão, num canal apanhar alguém a dizer "eu sei" e ao passar ao canal seguinte apanhar novamente alguém a dizer "eu sei"?
Foram segundos de "eu sei" repetido de "eu sei". Até parece que levei uma bordoada na cabeça!

quinta-feira, 13 de junho de 2013

E não se aproveita uma...

Ué... ainda não comi sardinhas este ano!
Em contrapartida, na segunda-feira comi poeira como há muito não acontecia!
Até o cabelo mudou de cor!

terça-feira, 11 de junho de 2013

10 de Junho

Ontem foi dia deste país à beira mar plantado.
Ontem foi o dia em que se assinala a morte do grande Camões
Ontem foi dia das Comunidades Portuguesas.

Ontem foi feriado... por enquanto!
Se foi um feriado criado na sequência da implantação da república em 1910 e só com a Ditadura é que começou a ter grande significado para o povo português, ainda pode vir alguma alma iluminada e resolver acabar com ele. Nunca se sabe.

Gosto deste país, gosto desta terra, gosto das suas gentes... da maioria das suas gentes.
Diz-nos a História que este país não aprendeu com a experiência.
Sempre o mesmo género de gente nas rédeas, sempre os mesmos erros.

Cada vez mais me convenço que maldita a hora em que D. Manuel I preferiu optar por cumprir todas as exigências que um casamento com uma princesa espanhola exigiam. 
Maldita a hora, em que assinou o decreto de expulsão dos judeus de Portugal mesmo sabendo que estava a expulsar quem fazia o país avançar graças aos grandes conhecimentos e aos capitais que possuiam.
Estupidez da grossa e ele sabia-o portanto fez o que fez a seguir com o povo judeu.

Qualquer tipo de fanatismo é o cúmulo da ignorância e graças a católicos fanáticos foi este país privado do conhecimento e do progresso.

Portugal nunca passou e a continuar assim nunca passará da cepa torta porque a maioria das pessoas que são válidas e têm a capacidade de fazer este país crescer não se metem na política.

E não, não sou judia nem conheço, pessoalmente, alguém que o seja.

domingo, 9 de junho de 2013

Shiuuu... é segredo!

Conversa, num final de jantar:
- Soneca, o teu cabelo está tão giro! - disse uma pessoa.
- Sim, Soneca! Gosto muito de te ver assim! - disse outra.

Isto não teria nada de especial se não se verificassem dois pequeninos pormenores:
1.º as pessoas que me disseram isto são muito "exigentes" e só vão a cabeleireiros que nos levam o "coiro e o cabelo"!
2.º a minha cabeleireira está de baixa e quem é a responsável pelo meu último corte?

Eu.
Cansei de esperar e pus mãos à obra. Podia ter corrido mal mas ficou óptimo!

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Ninguém está "grávido", logo não se cede a caprichos

Aqui há dias... (três mas ninguém está a contar!) apaixonei-me por umas Havaianas.
Fofas que só elas! Qualquer uma das três cores!
Preço: 80€
80€? 80€, por plástico?!?

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Café ressuscita mortos

Bebi um café ao almoço que passadas seis horas ainda não me decidi onde sinto mais o coração: se na boca ou nas pontas dos dedos!

sábado, 1 de junho de 2013

Não fiz a ponta de um corno mas estou toda rota. Nem forças para namorar há...

O meu pequenino é delicioso

Acabadinho de acordar: - Tia, amanhã vamos comer "ula" (hamburguer)?
- Não sei, Amor. Vamos?
- Vamos, tia!
- Temos de convencer o tio, já sabes que ele não gosta. Falas com ele?
- Falo.

Amanhã é dia da criança e fui "convidada" pelo meu pequenino para ir lanchar.
Coisinha boa!